30 de nov de 2012

Mais um lançamento do livro...Penso, logo insisto.

No Museu Jaguaribano

 

A convite da Faculdade Vale do Jaguaribe ontem dia 29/11/12  participei do encerramento do II Congresso de Turismo, lançando em Aracati- CE o livro: 

...penso, logo insisto... 

da editora Aquariana, foi prazeroso fazer parte desse evento, principalmente assistir a palestra de Antero Pereira.

30 de set de 2012

Hebe Camargo...

Dia triste esse em que perdemos a simpatia, talento e generosidade da maior apresentadora que esse país já teve. Sim, digo maior, porque ela era só coraçao, e um coraçao enorrrme aliás.
Obrigada Hebe! Por ter nos divertido, entretido, feito pensar, repensar, e como ...nos sentir ...todas...LINDA DE VIVER!!!!
Recebi um telefonema de Hebe que mudou um ciclo da minha carreira, e minha vida e escolhas, recebi um telegrama dela que me fez sorrir, beijos calorosos via seu programa, e me senti importante!!!
 INESQUECÍVEL SEMPRE SERÁ ESSA GRACINHA, HEBE!

6 de jun de 2012


EXTRA, EXTRA, EXTRA!

Saindo do forno pela Editora Aquariana o primeiro livro de crônicas de Luciana Dias.
Com ilustrações de Mônica San Galo e design de Guto Chaves,o livro traz em suas 152 páginas muitas histórias, contos e causos vividos... alguns, bem divertidos.

Confira na fanpage:

              ...penso, logo insisto...                 

10 de dez de 2011

mais um endereço!

Salve, salve!!!

Não consigo parar de criar asas...e blogs.
Por isso, prá tentar dividir as muitas fases da lua que eu sou e tenho em mim, como toda mulher,  
criei meu primeiro SINCERÃO!!!
 (sincerão all line)
 www.lulupensante.blogspot.com
A idéia é que de em capítulo em capítulo, finalmente  exponha meu livro, sempre  em crescente transformação...já escrevi o mesmo tantas vezes... mas me dei conta que a net além de mais democrática  é mais rápida e funcional...
já que o tempo presente, passado e futuro são todos ao mesmo tempo UM, assim como nós, na rede o livro continua a se transformar, crescer,  expandir, melhorar,  reinventar...
E posso mexer nas lembranças quase em tempo real, pelas linhas contidas e não escondidas como as do livro que escrevi e ninguém, (nem minha mãe leu)...rsrsrs.
Passa lá!
Todo dia é dia de SINCERÃO!

18 de set de 2011

          Luciana Dias

por Antonio Trigo*


Há certa dificuldade em descrever um personagem tão único – e raro – quanto Luciana Dias. Se o tipo físico entrega que ela é brasileira, ou curitibana, para dar exatidão ao local de seu nascimento, o termo "cidadã do mundo" lhe cai como uma luva.

Quem dirá aonde essa garota – sim, a alma é de menina – que já morou em Salvador, Chapada Diamantina, Londres, São Paulo, Rio de Janeiro, João Pessoa e Firenze estará amanhã. Em casa mesmo, talvez só se sinta em Pipa, um dos poucos lugares onde jura, consegue se desconectar.

A ascendência mostra que a família tem poetas, políticos, empresários e músicos. O que naturalmente lhe daria a autenticidade de quem cresceu contextualizada, entre livros, viagens e arte. Ela estudou fotografia, e como contraponto, quem diria, já tomou aulas de balé. Mas os pezinhos exigentes ganharam bagagem quando foi além da dança renascentista, e descobriu 19 países e todo esse multiculturalismo chamado Brasil. Tendo esses pontos explicados, podemos então olhar outrora, e tentar resumir uma carreira marcada de escolhas inusitadas, um talento nato à comunicação e outros papéis que sempre desempenhou com paixão.

A infância foi feliz, com todos os motes de quem teve a liberdade de escolha como opção. Fato é que ainda debutante não pediu um baile, mas começou a trabalhar escondido dos pais. Precocemente, fez até exposições, com obras selecionadas para mostras relevantes. Quando a faculdade de Comunicação Social engatinhava (sem a distinção entre publicidade e jornalismo) a cursou. E desde então, sempre foi bipolar, no bom sentido. Afinal, é pauteira e marketeira. Tem conteúdo e visão ampla.

O olhar apurado, muitas vezes incompreendido e natural à humanos da contracultura a levaram muito cedo para a Paraíba, onde aos 19 anos ganhou seu primeiro programa televiso na TV Tambaú. Uma revista cultural inovadora para os padrões daquela época. Em paralelo também trabalhava numa agência de propaganda, a Mozart, em João pessoa. Logo apresentou e dirigiu nessa cidade, um programa para a TV Manchete e em breve, apresentava outro na Rede Globo de Natal. Nunca ninguém, nem a família, nem os amigos, souberam o que Luciana fazia exatamente.

Dizem que ela começou a ganhar dinheiro mesmo dirigindo campanhas publicitárias para a Dumbo. Em 1992 estagiava na Rede Globo, com Marcelo Travesso e Jorge Fernando. Era um Deus no Acuda! Ou melhor, esse era o nome da novela onde ganhou o estágio. A partir daí, nunca mais parou: comandou em Fortaleza um programa ao vivo de três horas de duração, na Band. Sem sinal de cansaço na telinha, obtinha um resultado surpreendente: se a rival loira Xuxa dominava o país, em Fortaleza, quem vencia era Luciana, com audiência três vezes maior que o Xuxa Park.

Percebendo o incômodo que a acelerada garota causava, o então presidente da Rede Bandeirantes de Televisão, João Jorge Saad a chamou para uma reunião e logo Luciana estreou em rede nacional no Brasil Verdade. Tudo ao mesmo tempo em que comandava o programa interno do Boticário para os tupiniquins e lusitanos, e comerciais para JVC, Mac Donalds... Houve até participação – como atriz - em novelas globais, a já citada Deus Nos Acuda e outra em Cara e Coroa.

Mas Luciana não é rainha, nunca gostou dessa ostentação de coroa. Dava as caras onde podia. Convergência de tempo é um de seus maiores dons. Não se sabe como, mas simultaneamente tocava peças publicitárias em Natal e São Luis do Maranhão. E se fazia disputada por TVs regionais como a Globo Oeste Paulista, em Presidente Prudente. Parece confuso, mas sua carreira é singular. Em alguns momentos foi estrela de primeira grandeza. Parecia saber falar ao público certo, de forma localizada. Há até uma capa da Revista Caras para provar tal fama. Gianca Civitta, do Grupo Abril sonhou com ela na telinha da MTV. Ela preferiu ir à Londres, onde ganhou – digo ganhou porque não implorou – um estágio na BBC.

Voltou em 1998, substituiu Ciça Guimarães numa campanha publicitária soteropolitana e acabou na Band Bahia. Foi um estouro, um sucesso O 7+7, o programa para jovens que a fez ser amada. A Band, que mantinha naquela altura um canal alternativo em São Paulo, o 21, apostava suas fichas no UHF. Ela se mudou para a metrópole e estrelou com sucesso um programa elogiado: o Calçadão. Até parecia paulistana. Ou melhor, encontrou em São Paulo o palco perfeito para mostrar uma cidade que reúne todos e tudo. Simultaneamente (novidade!) trabalhava para a Rede Bahia e implementava a TV Salvador. Há outro trabalhos aqui, mas seria melhor um currículo ser anexado a este artigo. Na TV Salvador ganhou um programa chamado Luciana em Quadrinhos, enquanto estrelava campanhas para públicos distintos, do Aeroclube ao refinado Shopping Iguatemi de Salvador.

O projeto mais ousado viria em seguida. Criou o Oi Folia para a Band, o início de uma parceria com a rede de telefonia Oi. Disto nasceu o Oi Brasil, um programa que mostrava um Brasil que dava certo. Mérito dela também incluir seus amigos ao projeto e buscar pessoalmente os patrocinadores: Oi, Siemens, Tam, Ford, Mitisubish, para citar alguns. Entre entrevistas com Oscar Niemeyer e gente comum do sertão, o programa, no ar nas manhãs da Band no início dos anos 2000, custou 4 milhões de reais e se tornou um case de sucesso. Além de exemplo elogiado pela mídia como um oásis numa programação dominada por sensacionalismo. Detalhe: a audiência era ótima.

O tempo passou. E Luciana sofreu um acidente em 2005. Como noticiado, despencou de um ônibus. Levou quase seis meses para andar. Como o jornalista que escreve aqui acredita que esta história seja irrelevante para este, peço ao leitor que busque esse fato no Google. Você certamente encontrará as notícias sobre Luciana e o "acidente que a deixaria paraplégica". Não ficou, que fique claro. Foram incontáveis cirurgias, enquanto (surpresa!) gravou debilitada comerciais publicitários na Bahia. Isso a ajudou a recuperar a vontade de viver. Vontade de viver, no entanto, parece uma metonímia. Entrevistar Luciana ou pesquisar sua vida é notar que ela sempre viveu plenamente. Ponto.

Em 2007, conquistou seu mais estranho ano. Um período sabático. Viajou, se renovou, e repensou o sentido da vida. Relevante é dizer que em 2008, ao retornar, já foi para uma rede de televisão nordestina. Desta vez como Diretora de Conteúdo. Pediu demissão por ética. E a convite de Boninho, apresentou um quadro no Mais Você, de Ana Maria Braga. O "Mais Brasil" obviamente apresentava o Brasil para o Brasil. Em 2010 perdeu o pai, cuidou da família, e passou a escrever para tantos lugares que talvez o número 21 blogs seja subestimado.

O mote dessa matéria portanto, chega a uma solução: comunicadora inquieta, aquariana, curiosa, sonhadora, diretora competente, ela naturalmente se voltou ao cinema. O encontro recente – ou redescoberta – com a sétima arte a fizeram dirigir um curta metragem, com Marcio Del Picchia. Isso sem falar nos VTs publicitários, inclusive para a governadora Rosalba Ciarlini. Os planos são como ela: inúmeros. Sócia de uma produtora, finaliza ainda seu primeiro filme na Quanta em São Paulo, além de pré produzir outro com sua dupla para o final deste ano.
Sincera e batalhadora seriam palavras banais. Talento é um resumo simplista. Indescritível. Assim é Luciana Dias

 

*Antonio Trigo é jornalista formado pela Fundação Cásper Libero, colaborador das revistas RG, Bazaar Brasil, Moda por Joyce Pascowitch e Wish Casa. Já trabalhou nas revistas Vogue, Homem Vogue e colaborou para Joyce Pascowitch, FFWMag!, Simples, L’Officiel, Jornal da C&A, Audi e Revista do Iguatemi. Também foi gerente da marketing da grife italiana Diesel no Brasil e tem texto publicado no livro da editora americana Phaidon, "Sample (100 Fashion Designers – 010 Curators)", sobre a moda brasileira.

 

 

 

14 de set de 2011

emoção impagável !!!


Curitiba abaixo de zero, duas ou três da manhã e esses incansáveis artistas/arteiros atravessando prá lá e prá cá, a cada "AÇÃO" cantado e claquetado (para delírio da nossa equipe, que presenciava de camarote o encontro).
Madrugada fria, mas quentíssima participação de Rogério Dias (meu tio q eu adoooro), Eloi Zanetti, Rettamozo e Solda, amigos in/separáveis de uma vida... que eu vi desde menina "transformando" o cenário ARTÍSTICO E CULTURAL curitibano...
Em breve, todos poderão assistir a cena no curta metragem Deustespera S/A !!!!
Mas eu queria agradecer eles e suas incansáves esposas-companheiras que entraram literalmente nessa fria...conosco!! Thanks a lot, fica para posteridade... rsrsrsrs
(foto: Rubens Burgel)

13 de set de 2011

Severino Brasil !

 

Dia desses, passando pela estrada que nos leva de Goianinha à praia da Pipa no Rio Grande do Norte, vi essa casa-atelier-oficina quase chegando em Tibau do Sul... parei, olhei, "assuntei" e alguns dias depois voltei para fazer uma matéria.
Conversando com Severino, percebi que ele precisava "cair na rede"...e
ntão, resolvi presenteá-lo com um blog, assim suas peças podem ir mais longe, sem ele precisar se ausentar!
Espero que gostem tanto quanto eu, de conhecer esse personagem e sua arte sorridente!


www.severinobrasil.blogspot.com

18 de ago de 2011

Fazendo Filmes...



Acabamos de filmar em Curitiba o curta metragem Deustespera S/A com roteiro genial de Walter Del Picchia! Assim que vi a história me apaixonei de cara...e embora a princípio tivéssemos tudo certo para rodar no nordeste, resolvemos trocar as filmagens para Curitiba em julho, o que foi realmente brilhante...mesmo diminuindo o tempo da pré, ganhamos com:

elenco,
equipe,
logística,
apoio,
beleza e
locações .

O trio se divertiu...

Formamos um bom time por lá:

com mega produção de Jefe Miranda e
suas Annas (hoje nossas também)
Flor e Caldeira e
André Chesini na fotografia.

estrelando:
Paulo Letier,
Marcel Symanscki,
Juliana Biancato,
Alana Ferri e
Miau Carraro.

Zenor Ribas fez uma linda direção de arte,
(um salve para Mateus e Fred)
Tricia e Sami deixaram o figurino charmosérrimo,
Marcelino e Andréa no make-up arrasaram
...uau...
e a equipe técnica bacanérrima formada por:
Filinho,
Coqueiro,
Edu K,
Marquinhos e
Roseli...

"Ô" figura figurante:
Renato Burgel presente em todos os momentos (thanks)
no making of :Binho Burgel e suas 6 mil fotos,mais algumas maçãs cedidas...
Sem esquecer da nossa sede,
o fantástico galpão de sonhos do Nicolau,
a Refinaria Ilimitada...
Ainda com o help familiar e também profissional do Yurizinho e da Rosa...
Cesar Brecailo com seu patrocínio amigo de Au-Au,

Zé Canet que furou no empréstimo dos mustangs...

Os fofos:  Regininha e Sandro no Jokers,

Rodrigo da Falcon emprestando as armas...

Guto Chaves que fez nossa logo lá na Bahia, linda!


Tio Rogério (lá vem o nepotismo), Eloi Zanetti, Solda e Rettamozo fazendo a cena dos "nossos" beatles, mesmo com os termômetros bem abaixo de zero!!!
Ajax lindo de ceguinho com Carol,
Ronaldo levando bombons para todos no set,
seu Walter deixando as meninas passarem café de madrugada quentinho...fundamental.
O Moacir q emprestou os rádios pela MVL,
Ale e Mosquinha contribuindo com o quentão...
JLo a cachorra mais bonita da cidade, e suas "mães" compreensivas...
Tati que aguentou firme mesmo querendo desistir!!!
(Totti, para de enrrolar e casa logo com ela!)

Fernando que enfrentou de bermuda o frio curitibano...
Luciane que além de aguentar o Jefe, ainda foi "secretária" do Hans !!!
A prefeitura mais parceira da sétima arte, ouvi o nome Kazumi mil vezes, resolvendo nossas mazelas logísticas...(mil thanks)
Apoio lindo ao cinema nacional!

E ainda temos na base em São Paulo o apoio constante da
Milene,
Awdrey ,
Jacini e
no segundo tempo da Nay...

Fora o pessoal da Quanta em SP (Hugo vc é tudo)
e da Ginga em Natal (valeu)

Temos um filme feito por muitos e esperamos que agrade a todos os de bom gosto, rsrsrsr.

Ops, se faltou agradecer alguém...
perdone, perdone, perdone...
acrescento nos créditos do rolo!!

Thanks a lot my dears friends!

(Márcio e Totti, adooooro nosso trio parada dura)

Aliás, Márcio sua verve artística é um dos seus maiores atributos!!! E vc arrasou dirigindo o elenco, adaptando o texto, etc...  possibilitando esse filme acontecer e ser tão prazeroso trabalhar nele!!! Thanks...
  
Totti, sem palavras...vc é o "compositor" nessa sinfonia!!!

24 de abr de 2011

www.casadobem.org.br

Acabo de reencontrar um amigo, DO BEM!!!
Flávio Rezende de Natal.
Vale dar uma olhada no site dele!

 www.casadobem.org.br

9 de abr de 2011

Icapuí e suas belas praias no Ceará

Passei anos ouvindo alguns amigos tecerem vários elogios sobre Icapuí, e confesso nunca ter ido conferir,até essa semana.
(...era tudo verdade!!!)   
(praia da Peroba)

 O município que se orgulha(com razão)de ter uma taxa quase zero de analfabetismo, fica na divisa com o estado do Rio Grande do Norte e a  202 km de Fortaleza.
   Os habitantes gostam de contar sobre a prestação de contas públicas, que é pintada em um muro da cidade, para que todos saibam exatamente onde cada centavo é investido!
Um bom exemplo que poderia ser seguido por outras tantas...

 (praia da Redonda)


Famosa por suas praias: Ponta Grossa, Redonda, Peroba e Tremembé, Icapuí com um pouco mais de 17 mil habitantes é forte na pesca da lagosta, especialidade da culinária local e também na beleza das dunas de areias coloridas...
(algumas das famosas esculturas de areia em garrafinhas são feitas com areia de Redonda e Ponta Grossa, mas os artistas criaram um regulamento para coleta a fim de impedir a exaustão das dunas).

(praia de Ponta Grossa)


A praia de Ponta Grossa é um das mais visitadas de toda região,pelos turistas que estão em Canoa Quebrada.
Que seguem diariamente de buggy pela praia! Vale a pena!
Custa mais ou menos R$ 200,00
(dependendo da época do ano) para quatro pessoas. E também é possível fazer a viagem pelo outro lado, sem a emoção de ir pela beira mar...mas chegando lá, pela BR 304.



Para os amantes da gastronomia, existe um Festival de Lagosta que acontece anualmente mostrando as diversas formas de preparo . A pesca da lagosta torna-se atração também no porto. No local, os barcos pesqueiros participam da paisagem.
As praias são calmas, ideais para banho. Algumas localidades estão quase intocadas, com uma beleza nativa de encher os olhos!!!


As vias de acesso para Icapuí são a CE-040, a BR-304 e a CE-261, o município fica há uns 50 quilômetros de Canoa Quebrada. Existem pousadas bem charmosas em Redonda, Peroba e Tremembé. Lugar perfeito para quem prefere um roteiro mais tranquilo e romântico...

Sítio do Cumbe - CE


Essa é a Igreja do Senhor do Bom fim ,
(repare a placa)

um marco do vilarejo e fica ao lado da casa do Zé Corrêa, uma das pessoas mais interessantes da região! Voltei a viajar e percebi que havia omitido alguns lugares por onde passei e isso era injusto com os amigos que deixei por lá...   
O  Cumbe ou sítio do Cumbe é um desses lugarejos que não constam em muitos mapas, mas que todos que conhecem não esquecem... Pertence ao município de Aracati na Costa Leste cearense e tem como vizinha a famosa praia de Canoa Quebrada.

(essa foto foi tirada em Canoa, mas os cataventos estão no Cumbe)

O Cumbe fica há oito quilômetros de Aracati e tem uma estrada de acesso horrível. Talvez seja ela quem protege o vilarejo das especulações imobiliárias, já que nos períodos de inverno(chuva)a estrada é intransitável.

Os moradores lamentam que a instalação dos belos cataventos eólicos pela empresa Bons Ventos, além de não baixar o custo em nada da energia para eles, proibiu o acesso a praia que amavam e frequentavam desde que nasceram.
O Cumbe fica há oito quilômetros de Aracati e tem uma estrada de acesso horrível. Talvez seja ela quem protege o vilarejo das especulações imobiliárias, já que nos períodos de inverno(chuva)a estrada é intransitável.

Os moradores lamentam que a instalação dos belos cataventos eólicos pela empresa Bons Ventos, além de não baixar o custo em nada da energia para eles, proibiu o acesso a praia que amavam e frequentavam desde que nasceram.

O Cumbe fica há oito quilômetros de Aracati e tem uma estrada de acesso horrível. Talvez seja ela quem protege o vilarejo das especulações imobiliárias, já que nos períodos de inverno(chuva)a estrada é intransitável.

Os moradores lamentam que a instalação dos belos cataventos eólicos pela empresa Bons Ventos, além de não baixar o custo em nada da energia para eles, proibiu o acesso a praia que amavam e frequentavam desde que nasceram.

23 de jan de 2011

Chuvas em excesso...

É tão triste assistir aos noticiários e ver o drama que milhares de pessoas vivem nas várias regiões afetadas e/ou devastadas pelas chuvas...
É tão triste imaginar que provavelmente assistiremos essas notícias, senão a vivenciarmos em qualquer outra região no próximo ano, ou na próxima estação das chuvas...

Queria estar em Petróploias, Teresópolis, Friburgo, Itaipava, agora em Santa Catarina, em Minas Gerais, em São Paulo... ajudando meus amigos desconhecidos até então.

Queria estar com cada um dos que perderam sua casa, esperança, móveis, sonhos, entes queridos...
Queria amparar cada animal sem lar,
cada criança sem pai ou mãe, irmão...
queria tanto que o mundo em que vivemos fosse mais justo, equilibrado, harmonioso, feliz!

Mas vou continuar querendo , sonhando e fazendo a minha parte para tentar amenizar a dor, sarar feridas, dar colo, emprestar um ombro, enxugar lágrimas,
contando uma piada qualquer para ver um sorriso no rosto do outro, que nada mais é o meu mesmo com outra embalagem ou roupagem, afinal somos todos um ...grande corpo que pulsa e vive em torno ou retorno de Deus?!

9 de jan de 2011

bastidores de Oi Brasil





    O programa Oi Brasil, começou a ser   desenhado  em 1999 por Johnny Saad e por mim, foram muitas conversas e  ajustes até ele ser oferecido ao Alberto  Blanco,  Diretor da Oi em 2002.

Primeiro criamos o Oi Folia,(programete de 3 minutos, exibido durante as trasmissões do Carnaval da Bahia para todo Brasil)o resultado foi  muito bom e devido ao sucesso, Blanco decidiu expandir a idéia...Foi a época em que conversei com Homero e Mv Baldini sobre a possibilidade de vir a fazer um programa de viagens pelo Brasil... 
Ainda de férias em Abrolhos tive o ok do Blanco para criar o programa "viajante" e convidei o Homero Olivetto para formatarmos o programa e para ele dirigir, ele aceitou e trouxe o Marcus Vinicius Baldini.

Eu já havia intimado a Jô,(Joana Mariani) para trabalhar conosco e dali em diante foram 
muitos dias assistindo programas 
do Michael Moore na casa do Homero e criando as vertentes sobre o making of, equipe, temas, motes, equipamentos, destinos...até termos um primeiro formato definido!

(gravando na casa de Dona Canô na Bahia, Luciana Dias e Homero Olivetto) 

Enquanto eu alinhavava a exibição na Bandeirantes e o mega patrocínio da Oi e Siemens,a Jô conseguiu o apoio da Ford na Thompson e de lá vieram os dois Ecos Sport.
Stelinha trouxe a Osklen para nos vestir,
e Blanco trouxe a Tam.
Na mesma época convidei o Arthur Veríssimo que eu admimirava para dividir a tela comigo, e o apresentei aos meninos...mas a Oi não quiz que eu dividisse a apresentação e foi meio punk informar essa decisão a equipe.

(Rodrigo e Homero em Santo Amaro da Purificação)

Contratamos a S/Filmes na época.
Pena que éramos todos muito novos e vaidosos,
foi muito difícil a convivência viajante, embora fôssemos amigos a princípio, foi por causa do relacionamento desgastado que acabei levando o programa para a Estação 8 alguns meses depois.

(Luciana Dias e Alberto Blanco)    

Hoje olhando prá trás,
vejo que éramos felizes e nem sabíamos.
Eu e MV brigamos muito, muito mesmo,
mas no fundo eu gostava dele.
(uma das primeiras equipes do programa em Minas Gerais)  

Embora na época da estréia eles não quisessem nem assinar o programa com seus nomes verdadeiros, acho que no fundo foi bom prá todos fazer parte dessa história!
Eu e a Jô continuamos amigas e ela migrou para o cinema, hoje sua produtora também faz programas para tvs.
Depois da Estação 8, Blanco decidiu levar a produção para KN Vídeo no Rio de Janeiro e lá encerramos a série!

Aldeia Hippie de Arembepe / Luciana Dias

Oscar Niemeyer e Luciana Dias (parte 2)

Oscar Niemeyer e Luciana Dias (parte 1)

21 de dez de 2010

baú da Lulu

Depois de uma semana de exposição das histórias de Canoa, resolvi mexer no meu próprio baú,
vasculhar o passado e tirar um pouco das coisas que estavam guardadas lá,
agora, estão aqui...na rede!
Aqui eu o Zé Padilha gravando na Rocinha o meu programa,OI Brasil. Falávamos na época sobre o filme/documentário ônibus 174.

Luciana Dias Kritski

É jornalista, apresentadora e diretora cinematográfica com DRT desde 1993,nasceu no sul e cresceu no nordeste. Estudou artes plásticas e comunicação, fotografia, etc e ..."foi viajar "...

Estágios:

assistente de produção 
no Syr Laboratório - Curitiba (1990)
produtora 
na Ageclip -Curitiba (1990)
assistente de direção 
de Marcelo Travesso na novela Deus nos Acuda/ Rede Globo-Rio De Janeiro (1992)
repórter 
na BBC - Londres (1999)

Trabalhos:


RTVC 
na Mozart Propaganda - João Pessoa(1991)
Redatora 
do programa"By Nigth" TV Tambaú - João Pessoa (1991)
Apresentadora, roteirista e diretora do TVM
(Tv Tambaú- João Pessoa - 1992)
Apresentadora do Cabugi Verão 
(TV Cabugi- Natal- 1992)
RTVC da Dumbo Publicidade
(Natal - 1993)
Apresentadora, roteirista e diretora do TVM
(Sistema Sul de Comunicação- Curitiba -1994)
Apresentadora e repórter dos programas internos do Boticário, para o Brasil e Portugal
(House do Boticário 94/95/96/97)  
Apresentadora, roteirista e diretora do  programa Front 
(TV Fronteira-SP/ 1995)
Apresentadora do programa Sábado Show
(TV Jangadeiro - Fortaleza 95/96/97)
Apresentadora do Brasil Verdade
(TV Bandeirantes- Nacional 1997)
Apresentadora e roteirista do programa 7+7
(Band Bahia/98-99)
Apresentadora do programa Calçadão
(Canal 21- SP/ 2000)
Apresentadora, roteirista e diretora dos programas Luciana em Quadrinhos, Bahia Terra Cultura e Gente , Especiais Musicais + transmissões "AO VIVO"  
(Rede Bahia- TV Salvador 2001-2002)
Diretora, apresentadora e uma das idealizadoras do programa Oi Brasil
(TV Bandeirantes-Nacional 2003/2004/2005)
Diretora de Conteúdo da Rede União 
(Nordeste/2008)
Diretora e roteirista do Documentário sobre Anton Walter Smetak (2001-2008)
Diretora, roteirista e cinegrafista do documentário Chicas(Rede União- 2008)
Apresentadora do quadro MAIS BRASIL do programa Mais Você de Ana Maria Braga
(Globo nacional e internacional 2008/2009)

Paralelamente gravou campanhas publicitárias para:
O Boticário (Brasil e Portugal)
Mac Donald´s (nacional)
Shopping Iguatemi (Bahia) 
Hiper Petit (Bahia)
Band Folia (nacional)
OI Folia ( nacional)
JVC do Brasil,
entre muitos outros...

Também fez participações nas novelas:
Deus nos Acuda e Cara ou Coroa da Rede Globo,

Escreveu para várias revistas e jornais ao longo desses anos , mantém 24 blogs
e atualmente sua paixão está mais concentrada em dirigir campanhas publicitárias/ filmes.

www.lucianakritski.blogspot.com

www.lucianakritski.tumblr.com

Luciana Dias por Marcelo Camacho

matéria na revista Oi

Luciana Dias de acessório novo, bengala...

Luciana Dias

Luciana Dias

Feliz tudo!!!

Luciana Dias

Luciana Dias

clipping

Luciana Dias,

coleção primeiros passos, pós acidente...

Luciana Dias, capa de Caras

Luciana Dias

do baú...

foto de Carlos Eduardo Ramos

Luciana Dias, artista plástica

Luciana Dias por Geraldo Leão

"falando em Leonardo...da Vinci"

Luciana Dias por Simone Campos

Luciana Dias...nas artes plásticas!

Luciana Dias family...

Ludi