24 de mai de 2010

...reticências...


 

            
           Viajar é preciso...
             viajar eu preciso...
                       ou...
              eu sempre
              preciso viajar!!!

Brincar com palavras, com fatos, com a vida...não levar nada muito a sério a não ser que seja realmente sério...caminhar muito, sorrir mais...ter menos expectativas, mas nem por isso menos sonhos...
cultivar amigos, fazer novos...colecionar sorrisos e lágrimas, amar mais, amar sempre ...mesmo depois daquelas juras de nunca mais...
ah, pedir perdão e saber se perdoar...olhar prá trás e ver que poderia ter sido diferente...
mas já que não foi...sentir-se bem com suas escolhas...mesmo as errads, as impensadas...as equivocadas...afinal, foram elas que te trouxeram até aqui e fizeram vc ser assim... as vezes duro, as vezes pura emoção... o importante é ser verdadeiro, único...amável...e amar...ah, amar tudo e todos ,todo tempo e sempre mais...
só o amor é de verdade e dá sentido...mas não aquele de casais, esse é bobo perto do amor a vida!!!
Uau...está na hora de começar a fazer um resumo dessas tantas histórias, tantas curvas no caminho...subidas, descidas...com muitos pontos de exclamação...e reticências...
ADORO reticências, a vida é cheia delas...vírgula não tem a mesma graça... não impõe o mesmo ritmo...
e viver é uma dança, uma série, um espetáculo...uma peça...um musical...é sublime...cansativo...mas é especial...

Aliás, só quem já viveu o limiar sabe o quanto a morte também parece ser confortável...mas aí, aparecem aquelas pessoinhas que vc ama, aqueles capítulos q vc não finalizou...
Eis-me aqui again...sei que  ela estará lá quando for a hora, então bóra viver um bocadin mais...mineiro fala manso né???...
é gostoso de se ouvir...

De certo na vida, só que iremos morrer...então, vamos aproveitar esse tempo aqui... (?)
O que não está bom, melhora...dor passa, tristeza acaba, melancolia chega uma hora que vai embora, mentira tem perna curta, TPM se ajeita, final de romance...vira música, vira calo, vira lembrança...e passa...tudo passa...isso é certo... dói, incomoda, machuca, fere...mas passa...

por isso o amor é o melhor remédio...aliado ao tempo...a experiência...ai como é bom ter experiência...demora, mas um dia vc amanhece e percebe que tudo não é mais tão urgente assim, que prá tudo tem uma solução, que quem quer ir...que vá...que o que é de verdade, permanece...
Ah, vida louca vida, escolha seu BG (sua música de fundo) e roterize esse filme, no qual...cada um é o ator/atriz principal...pelo menos da própria história...coadjuvante, só na dos outros...mas se no fundo...
TODOS NÓS SOMOS UM !!! ???? Que sejamos mais UNIDOS então...

2 comentários:

  1. Oi Lu, inspirada heeiiimm???
    Amar sempre, tudo e todos, pois... tudo vale a pena se a alma não é pequena....
    Já imaginou numa lápide: aqui jaz alguém que teve um caso de amor com a vida... É isso que quero que saibam ao se lembrarem de mim.... sempre e em qualquer momento.
    Tudo bem com vc? O que tem feito por aí? Qdo quiser aparecer em BF saiba que tem lugar para ficar, ok?
    Bjo,
    Tereza

    ResponderExcluir
  2. Saudade Tereza!!!!!!!!!!!!!!!!!! Vc está no facebook??? Como te acho???

    ResponderExcluir

Salve salve!!
Se é de paz, pode chegar!!!